TRANSTORNOS ALIMENTARES

QUAIS SÃO E AS CAUSAS?

 Os transtornos alimentares são divididos em Anorexia Nervosa, Bulimia Nervosa e Compulsão Alimentar e tem como causa um conjunto de fatores, normalmente ligado às condições de saúde psicológica, sociocultural, biológica e genética.

 Os fatores de risco para desenvolvimento dos transtornos alimentares são os seguintes:

- Culto excessivo ao corpo;

- Maus hábitos alimentares;

- Distorção da imagem corporal;

- Autoestima baixa;

- Sentimento de culpa;

- Questões hormonais;

- Distúrbios emocionais.

 

OS TRANSTORNOS ALIMENTARES TEM TRATAMENTO?

 O primeiro passo é buscar ajuda profissional que pode ser um médico psiquiatra, uma psicóloga ou uma nutricionista. Geralmente é a família que deve ter esta percepção de buscar ajuda, pois o paciente normalmente não enxerga como uma doença o seu transtorno. Dependendo do caso, é necessário o uso de medicamentos e acompanhamento dos profissionais para que se tenha um bom resultado. O apoio da família é de fundamental importância.

 

 

ANOREXIA NERVOSA

 

O QUE É ANOREXIA NERVOSA?

“Você se sente gorda apesar de outras pessoas a acharem muito magra?”

 A pessoa pesa muito menos do que deveria, mas ainda se sente desproporcionalmente gorda. Morre de medo de engordar ainda mais e conta cada caloria ingerida. Recusa-se a manter um peso corporal seguro empregando estratégias variadas, como dieta rígida, exercício excessivo e purgação com vômito e laxantes. A perda de peso é extrema fazendo-a parecer mais uma vítima de um campo de concentração, colocando frequentemente em risco sua saúde. Algumas mulheres param de menstruar e a vida praticamente se reduz à preocupação constante, com a imagem corporal e com esforços frenéticos para evitar qualquer coisa que ajude a ganhar um peso bastante necessário.

 Existem dois subtipos:

- Compulsão Alimentar Purgativa: a perda de peso e a distorção da imagem corporal são acompanhadas por compulsão alimentar e purgação (vômito, laxantes, diuréticos ou enemas).

- Restritivo: a pessoa fica muito magra apenas com dieta e exercício.

 

 

BULIMIA NERVOSA

O QUE É BULIMIA NERVOSA?

 “Você costuma perder o controle e acaba consumindo uma quantidade muito grande de alimento em um período muito curto de tempo?” A pessoa tem períodos de alimentação descontrolada consumindo quantidades realmente enormes de comida. Então, tenta compensar sua indulgência por meio de ações compensatórias como jejum extremo, exercícios em excesso ou purgação por meio de vômito, laxantes, enemas ou diuréticos. Os excessos, as compensações pelos excessos e seu impacto na imagem corporal, tornam-se preocupações constantes.

 

TRANSTORNO DE COMPULSÃO ALIMENTAR

O QUE É COMPULSÃO ALIMENTAR?

 O Transtorno de Compulsão Alimentar diagnostica pessoas que têm excessos alimentares recorrentes, mas que não apresentam atividades compensatórias como vômito e uso de laxantes, vistos na Bulimia Nervosa.

 É um distúrbio caracterizado pela falta de controle onde existe uma vontade incontrolável de comer ou de ingerir alimentos, mesmo sem sentir fome. E mesmo estando satisfeita a pessoa não para de comer, o que leva a ingerir enormes quantidades de alimentos em pouco tempo.

© 2020 CPNA Orgulhosamente criado pela @a

Seguir

Entre em contato para mais informações

  • Instagram
  • Wix Facebook page

Horário de Funcionamento

Seg à Sex: 08:30 - 18:00

Sábado: 08:00 - 12:00